Pesquisar
Close this search box.

Procura por aluguel de apartamentos compactos dobrou nos últimos anos

Os imóveis compactos, de até 45 metros quadrados e com valorização dos ambientes de uso comum entre os moradores, estão virando tendência no mercado imobiliário do Brasil. A startup cearense voltada para o aluguel de imóveis, 7Cantos, comemora o cenário e afirma que cada imóvel compacto publicado na plataforma recebe, em média, o dobro de contatos interessados em alugar do que um imóvel de tamanho padrão. De acordo com o Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado do Ceará (Sinduscon-CE), desde 2019, foram lançados 13 empreendimentos, totalizando 1.094 unidades do tipo em Fortaleza.

“Essa nova concepção de moradia compacta e funcional está ligada ao novo estilo de vida de muitas pessoas, em especial os jovens entre 25 e 34 anos, que estão em um contexto de família pequena, possibilidade de home office e que saem cada vez mais cedo da casa dos pais para morar sozinho. Esses jovens estão priorizando mais a localização e serviços oferecidos pelo condomínio ao tamanho da planta”, afirma Paulo Filho, CEO da 7Cantos.

Ainda segundo Paulo Filho, um dos diferenciais que levam a valorização desse tipo de imóvel compacto é o fato de o condomínio oferecer serviços que atendem as demandas da rotina desse morador. “É como se o condomínio fosse uma extensão do apartamento. O inquilino que não precisa ter máquina de lavar, ele conta com uma lavanderia profissional na área comum; para trabalhar de home office, ele tem o coworking; ele não quer a bicicleta dentro do apartamento, ele tem a opção das bicicletas compartilhadas no condomínio, além de outros espaços externos como academia, minimarket, salão de festas, beleza e áreas de lazer, tudo isso dentro de um conceito de economia compartilhada que promove um ecossistema inclusivo e de sustentabilidade”, explica.

Aluguel

Nessa faixa etária citada, a preferência também é por aluguel ao invés de comprar. “Os imóveis compactos acabam tendo um preço mais acessível tanto para quem aluga quanto para quem investe em imóveis”, completa Paulo Filho.

Ainda segundo o CEO da 7Cantos, a procura por aluguel de imóveis compactos já é o dobro quando comparado com imóveis tradicionais. Inclusive, ainda em 2022 devem ser lançados em Fortaleza mais dois empreendimentos com esse perfil. “Na verdade, a procura pelos compactos sempre tivemos, mas não tínhamos oferta. Porém, com a nova tendência que o mercado imobiliário está abraçando, imaginamos um crescimento vertiginoso desse tipo de imóvel nos próximos anos”.

Além disso, A 7Cantos está em articulação com incorporadoras que lançarão imóveis em Fortaleza no conceito compacto para incluir unidades em sua plataforma. “Estima-se que nos próximos três anos, mais de 2 mil unidades de apartamentos compactos serão entregues em bairros nobres de Fortaleza como Meireles, Aldeota e Cocó, além de outros que serão lançados”, finaliza Paulo Filho.

Compartilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Novidades:

Posts Relacionados