Pesquisar
Close this search box.

Mulher se passa por agente de vacinação contra Covid para tentar entrar em condomínio na Aldeota

Uma mulher tentou entrar em um condomínio no bairro Aldeota, em Fortaleza, se passando por agente de imunização da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) na noite deste sábado (30).

Segundo relatos de testemunhas, ela dizia estar no local para realizar a vacinação domiciliar contra Covid-19 de idosos que seriam moradores de um dos apartamentos. Porém, ao ser informada que não havia pessoas com mais de 75 anos no local, a suspeita afirmou ser um engano e fugiu em um carro preto.

Ainda de acordo com informações de testemunhas, a mulher, que tinha o cabelo loiro, usava jaleco e carregava um isopor, estava sozinha e não soube informar o nome do suposto paciente que seria imunizado na visita.  

Em nota, a SMS informou que os profissionais da saúde que realizam a vacinação em casa atuam de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, devidamente uniformizados e paramentados com todos os equipamentos de proteção individual (EPIs), além de portarem crachá de identificação da Prefeitura de Fortaleza.

agentes imunização
Legenda: Trabalhadoras da Prefeitura em registro feito no último dia 27, quando começou a imunização domiciliar
Foto: Isanelle Nascimento

A secretaria ainda reforçou que a vacinação ocorre mediante cadastramento pelo site Vacine Já. E apenas quem recebeu confirmação do agendamento via e-mail ou Whatsapp receberá a visita na Capital.

orientação da prefeitura
Legenda: Prefeitura divulgou informações que ajudam na identificação dos vacinadores
Foto: Divulgação

Em nota, a Polícia Civil do Estado informou “que não houve acionamento dos órgãos de Segurança Pública e nenhum Boletim de Ocorrência (B.O) foi registrado” sobre o caso.

A Polícia ainda “reitera que a população deve registrar BO, caso seja vítima de estelionato ou golpes relacionados à imunização do novo coronavírus, e ressalta que as vacinações só ocorrem por meio de agendamento. O registro pode ser feito presencialmente em qualquer unidade da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) ou por meio da Delegacia Eletrônica (Deletron), em qualquer horário do dia ou da noite. A Delegacia Eletrônica atende todo o Estado do Ceará”.

Fonte: Diário do Nordeste.

Compartilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Novidades:

Posts Relacionados