Pesquisar
Close this search box.

4 Áreas Que Não Podem Ser Esquecidas No Condomínio

Você irá entender aqui no Portal Para Condomínios, como deixamos passar lugares menos vistos, porém muito importantes na administração do condomínio, que você poderá estar evitando futuros problemas para seu prédio. Leia a matéria completa:  4 Áreas que não podem ser esquecidas no condomínio.

Manutenção condominial: duas palavras simples que envolvem muitos problemas quando não bem administrados no condomínio. Se em imóveis individuais, a manutenção requer atenção contínua e especial para que não haja desvalorização, imagine em um condomínio, onde convivem tantas pessoas, entre moradores, visitantes, funcionários e prestadores de serviços. Lembrando que em condomínios maiores, são centenas de pessoas circulando o tempo todo.

Menos usadas, mas muito importantes também

Normalmente, nos condomínios, as normas de prevenção e manutenção de várias áreas comuns são estabelecidas na convenção. No dia a dia, nos preocupamos demais nos lugares com muita movimentação: hall de elevadores, entrada do prédio, acabamos esquecendo doutros que estão menos em evidência. Mas, que nem por isso, são menos importantes.

Isso faz com que os problemas apareçam, fiquem sérios e acarretem despesas extras ao condomínio. Um dos principais desses problemas são vazamentos e infiltrações que podem comprometer seriamente as estruturas.

Para evitar contratempos e aumentar a segurança do condomínio, sempre é bom lembrar das principais áreas que costumam ficar esquecidas. Síndico e administração devem programar juntos, as vistorias prévias e periódicas. Além de promover segurança, como já dissemos, essa atitude garante economia para todos na medida em que evita gastos emergenciais e não previstos.

1.   Garagens

Sem dúvida, quando falamos em umidade e infiltração em condomínios, a primeira área a ser lembrada são as que abrigam garagens. Não sem motivo, pois em muitos casos, são locais que ficam abaixo do solo, escuros e acabam se deteriorando.

Tenha o hábito de observar com frequência esses espaços, não deixe esta tarefa para o zelador, que pode não o fazer com a devida precisão ou não comunicar os problemas a quem de direito.

As inspeções nas garagens devem ocorrer de forma organizada, disciplinarmente, e com comunicação obrigatória dos problemas encontrados. É fácil fazer uma planilha simples com os problemas que precisam ser analisados, contendo datas, intervalos e locais de cada inspeção.

2. Espaços de saúde e lazer

Muita atenção para os espaços voltados à saúde e bem-estar dos moradores. Faça visitas periódicas para vistoria técnica em saunas, spas, ofurôs, salas de exibição de filmes e jogos, espaço gourmet coletivo, salão de beleza, salão de festas, vestiários de piscina e outros similares. Muitas vezes, esses espaços acabam ficando fechados por longos períodos e, com isso, acabam apresentando riscos.

3. Onde há água, há também…

Todas as áreas do condomínio que mantém contato com a água merecem atenção especial. Caixas d’água, piscinas, pisos e corredores em ar livre, marquises, lajes e telhados precisam de cuidados especiais, principalmente no que se refere à necessidade de impermeabilização.

4. Reservados para os funcionários

Banheiros, cozinha, refeitório, vestiários e outros espaços utilizados pelos funcionários também são lugarzinhos especiais que, às vezes, acabam esquecidos já que não são utilizados diretamente pelos moradores.

Dica Extra: sobre espaços pouco utilizados

Para evitar desconfortos com áreas comuns do condomínio, mas pouco utilizadas, vale pensar em fazer uma reformulação e transformá-las em espaços mais proveitosos para todos e com menos riscos de problemas.

Além de serem melhor aproveitadas, o seu uso mais constante implicará em maior conservação. Lembrando que essas alterações requerem aprovação de pelo menos dois terços dos proprietários das unidades condominiais.

Dica Extra: sobre impermeabilização

Como vimos, muitos dos problemas que atingem os condomínios podem ser evitados com uma impermeabilização eficiente. Diante disso, é importante que você conheça o sistema Fibersals que é diferente dos métodos convencionais de impermeabilização porque foi concebido para oferecer uma solução definitiva, prática e com muita comodidade para os condomínios.

Com este sistema, não é preciso quebrar o piso. Trata-se de um serviço que não gera entulho de obra e a aplicação é feita rapidamente, liberando a área para uso em pouco tempo e sem canteiro de obras.

Compartilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Novidades:

Posts Relacionados